Faça exercicio físico

Faça exercicio físico

A prática de exercício físico regular é aconselhada pela comunidade médica a fim de preservar o bem-estar físico, psíquico e social das populações.

john Ratey, psiquiatra e professor da Medical School of Harvard, tem se empenhado em pesquisas nessa área de exercícios físicos e nos seus benefícios para a vida mental. Ele relata que os exercícios físicos podem diminuir até 60% os casos de depressão e ajudam a não ter recaídas.

O mais impressionante é que sua pesquisa mostra que os remédios ajudam até 60% dos deprimidos a se recuperarem bem. Mostra ainda que somente os exercícios abrangem igualmente uma gama de 60% de pessoas deprimidas e, finalmente, que somente uma percentagem em comum é que se beneficia das duas coisas. Ou seja, há muita gente que não melhora nem mesmo com medicação. Mas pode melhorar com os exercícios físicos.

Ele também viu que aqueles que fazem os exercícios aeróbios têm uma menor probabilidade de recaída na depressão: somente cerca de 9% deles terão recaídas!

Praticar exercício físico ajuda nos quadros não só da depressão, bem como diminui pânico e, principalmente TDAH (transtorno de deficit de atenção e hiperactividade).

John Ratey e os seus colaboradores, num estudo nas escolas da região de Naperville (Chicago), USA, uma hora antes de começar a aula, durante todos os dias da semana, as crianças e jovens praticam 50 minutos de aeróbica variados. Após esse trabalho, houve mudanças significativas para esses alunos: diminuição da taxa de obesidade de 30% para 3%, aumento do nível de notas em 70%, diminuição da criminalidade da escola, melhora dos relacionamentos e diminuição acentuada de TDAH, pânico, depressão entre os jovens que fizeram parte dessa experiencia.

Melhora o sono: pesquisadores da Faculdade de Medicina de Stanford, nos Estados Unidos, sugeriram a pessoas sedentárias e com dificuldades em dormir que incluíssem na rotina caminhadas de 20 a 30 minutos dia sim, dia não. O resultado foi que o grupo reduziu para metade o tempo para iniciar o sono e ainda aumentou em quase 60 minutos a quantidade de horas dormidas.

Previne doenças: correr e praticar exercícios aeróbios fortalece o sistema imunológico, eleva a produção de macrófagos, células que atacam os vírus e bactérias. Essas células circulam mais rapidamente durante as actividades físicas. Além disso, abrem as artérias do coração, melhoram o bombeamento de sangue venoso de volta ao coração, irrigam melhor e aumentam a vascularização do cérebro. Ficamos mais inteligentes, mais ligados e prevenimos nosso cérebro de possíveis AVC e derrames.

Aumenta a autoestima: um estudo realizado na Universidade de Bonn, na Alemanha, mostrou que há mais ligações de receptores de endorfinas em quem corre ou faz exercício aeróbico do que em praticantes de atividades físicas mais lentas. O exercício físico é o método mais natural, inócuo e eficaz para combater o excesso de peso. Com um aspecto físico em forma, naturalmente que terá um aumento de autoestima.

Deixa o coração resistente: evita em até 50% as probabilidades de se ter um enfarte, pois abre as artérias e cria novos pequenos circuitos pela capacidade que se pede ao coração nos picos de corrida.

Melhora a probabilidade contra a demência: pode diminuir em até 40% as probabilidades de demência ou Alzheimer pela vascularização que é referia com esses exercícios que exigem tanto do corpo! Afasta o risco de arteriosclerose, que é o estreitamento dos vasos devido as placas de gordura que levam à demência e também ao enfarto.

Algumas dicas básicas:

Pratique actividade física com regularidade. Recomenda-se que seja praticada pelo menos três vezes por semana. Geralmente deve durar 45 a 60 minutos. Os desportos que consomem mais gorduras são os aeróbicos (longa duração e intensidade moderada) como as caminhadas e natação.

 

Fontes – Bauer (2013) Cartilha do otimismo, Wak.

http://medicosdeportugal.saude.sapo.pt/